Notícias

Tribunal de Justiça inicia Mutirão do Júri Popular

 
Iniciou ontem (3) em todas as comarcas do Estado de Roraima o Mutirão do Júri Popular (Meta da Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública - Enasp). O evento acontece em todas as unidades do Tribunal de Justiça do Estado de Roraima, comarcas do interior e as duas varas do Júri da capital.
 
De acordo com a juíza coordenadora do mutirão, Lana Leitão, a previsão é de realização de 36 sessões apenas na Capital, onde cada uma das varas de competência do Júri agendou 18 julgamentos. "As comarcas do interior farão em uma escala menor, devido à quantidade de processos de crimes dolosos contra a vida serem em menor quantidade." Lana informou ainda que nesse período não só serão feitas sessões de julgamentos como também serão realizadas audiências, despachos e decisões, e diligências referentes à meta.
 
Na manhã de hoje, 04.11, duas sessões de julgamento acontecem simultaneamente no Fórum Criminal, presididas pelos juízes substitutos Suellen Alves e Pedro Gueiros, que auxiliam na primeira e segunda Varas do Júri, respectivamente.
 
Enasp – A Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública (Enasp) tem o objetivo de promover a articulação dos órgãos responsáveis pela segurança pública, reunir e coordenar as ações de combate à violência, e traçar políticas nacionais na área.
 
Lançada em fevereiro de 2010, a iniciativa é resultado de parceria entre os Conselhos Nacionais do Ministério Público (CNMP) e de Justiça (CNJ) e o Ministério da Justiça (MJ).
 
Boa Vista, RR 4 de novembro de 2016
 
Núcleo de Relações Institucionais do TJRR - NURI
Escritório de Comunicação Social