Notícias

Novos servidores são capacitados sobre fluxo de trabalho

Os novos servidores do Tribunal de Justiça de Roraima empossados no mês de agosto estão passando pelo Curso de Formação Inicial e Acolhimento, promovido pela Escola do Poder Judiciário, que tem o objetivo de permitir que esses servidores tenham um conhecimento prévio da função judicante do Estado, das peculiaridades e especifidades do Poder Judiciário, conheçam a missão, a visão e os valores institucionais, além da conduta do servidor público no ambiente de trabalho e no trato com o cidadão.

 

O tema de hoje (21) é sobre os melhores fluxos de trabalho, objeto do Projeto Simplificar, ministrado pela assessora jurídica da Corregedoria, Aline Mabel. Durante esta semana e na semana que vem, os temas foram escolhidos pela Corregedoria-Geral de Justiça, em virtude das necessidades colhidas e observadas nas correições desse ano e do ano passado, e tratam sobre sistemas operacionais – Siscom e Projudi, metas do CNJ e do TJRR, metodologia de Gestão Cartorária – Dígito, Cartório Distribuidor e Tabela Processual Unificada, entre outros.

 

O Curso de Formação Inicial teve início ainda no mês de agosto, com temas relacionados à organização do Tribunal de Justiça de Roraima, gestão de pessoas, gestão patrimonial, tecnologia da informação, Corregedoria-Geral de Justiça, rotinas criminais, varas do júri, varas cíveis, rotina dos Juizados Especiais, do Juizado de Violência Doméstica e Familiar, Varas da Infância e Juventude e atividades práticas. A capacitação encerra no próximo dia 30, e na semana seguinte os servidores iniciarão as atividades nas respectivas áreas de lotação.

 

"Os cursos de formação de novos servidores é completo. Ensina desde o funcionamento geral do Poder Judiciário até o uso correto dos sistemas eletrônicos. Hoje estamos falando sobre os melhores fluxos de trabalho, objeto do Projeto Simplificar”, afirmou Aline.

 

 

Boa Vista, 21 de setembro de 2016.

 

Núcleo de Relações Institucionais – NURI

Escritório de Comunicação