Notícias

Vara da Infância realiza audiências concentradas no Centro Socioeducativo de RR

O Tribunal de Justiça de Roraima, por meio da Vara da Infância e Juventude, realizou nesta manhã (16), audiências concentradas no Centro Socioeducativo - CSE. Ao todo, 14 processos de adolescentes que cumprem medida socioeducativa foram analisados, sendo que a maioria obteve o benefício de progressão e extinção de medida.

Participaram da audiência os juízes da 1ª Vara da Infância e Juventude Parima Veras e Pedro Gueiros, bem como o promotor de Justiça Ricardo Fontanella, o defensor público Francisco Francelino, além da equipe técnica e direção do CSE.

Antes da realização das audiências o juiz titular da Vara Parima Veras reuniu os reeducandos e os pais para uma palestra, com temas referentes ao convívio familiar, escola e sociedade em geral.

"Procuramos mostrar para os  jovens e adolescentes que estamos nesta vida para sermos felizes, que devemos ter um sonho e que podemos realizá-los. Que essa experiência ruim que estão passando neste momento fique no passado, como um processo de aprendizado. Buscamos nestas conversas, dar ênfase à importância do adolescente retomar sua vida social, focando nos estudos, cursos profissionalizantes e obediência aos pais para que não volte a delinquir", afirmou o magistrado.

Parima afirmou ainda, que não foi registrado no ano de 2016, nenhum caso de reincidência de ex-internos ou de adolescentes que estão cumprido medida socioeducativa em liberdade assistida. "É muito gratificante, não só para o Judiciário, mas para toda a rede de assistência e proteção envolvida", avaliou.

Audiências Concentradas - Uma forma de agilizar a pauta de audiências da Vara, uma vez que reúne em um só lugar toda a equipe envolvida sem a necessidade de deslocamento dos adolescentes ou realização de intimações.

Esta é a terceira edição realizada neste ano de audiências concentradas no CSE. Foram analisados 14 processos, dos quais 10 adolescentes fora postos em liberdade, sendo que 6 em liberdade assistida e 4 tiveram a extinção do processo ou da medida; 2 tiveram a medida progredida para internação com possibilidade de atividades externas e 2 processos tiveram a manutenção da medida .

 

 

 

 

 

 


Boa Vista, RR 16 de setembro de 2016
Núcleo de Relações Institucionais do TJRR - NURI
Escritório de Comunicação Social