Notícias

Ouvidoria se consolida como ferramenta importante para melhorar a gestão do TJRR

O canal de atendimento está mais acessível; uma das ferramentas mais utilizadas para contato tem sido por aplicativo de mensagens. 
 
Foto:Divulgação 
Foto:Divulgação
 
A cada solicitação, reclamação, ou sugestão feita pela população na Ouvidoria do Tribunal de Justiça de Roraima (TJRR), a instituição aperfeiçoa os procedimentos e se torna cada vez mais eficiente.  Neste ano, o setor já recebeu 130 manifestações formais, sem contar as centenas de atendimentos informais por telefone e aplicativos de mensagens. A tendência é que o setor feche o ano com crescimento nas demandas.Em 2020, a Ouvidoria-Geral recebeu 481 demandas, uma média de 40 atendimentos por mês. 
O ouvidor-geral do TJRR, desembargador Ricardo Oliveira, explicou que mesmo na pandemia a Ouvidoria continua empenhada para ajudar o cidadão a ter sua demanda atendida.
“A Ouvidoria torna efetivo o direito à adequada prestação dos serviços, para que os agentes e prestadores de serviços públicos observem diretrizes como urbanidade, respeito, acessibilidade e cortesia no atendimento aos usuários; além do cumprimento do dever legal. Nosso papel é estabelecer um elo entre as instituições e seus usuários, com busca contínua da qualidade no atendimento e atenção direta aos anseios dos cidadãos”, pontuou o desembargador. 
 
Demandas
Os atendimentos mais recorrentes na Ouvidoria se referem a pedidos de informações e solicitações diversas, como auxílio para localizar setores e informações sobre o andamento de demandas. Este canal contempla também os pedidos feitos com base na Lei de Acesso à Informação. 
Entre as manifestações formais feitas neste ano, foram recebidas 64 manifestações pelo site, 31 pelo aplicativo de mensagens, 24 por e-mail e as demais pelos outros meios de acesso disponíveis.
 
CONHEÇA UM POUCO MAIS 
 
O que é a Ouvidoria?
A Ouvidoria do Poder Judiciário de Roraima é um "canal de diálogo" entre a Administração e os cidadãos e cidadãs. É uma porta aberta para a participação da sociedade, possibilitando o exercício da Cidadania, e recebe atendimentos que são classificados em dúvidas, reclamações, informações, elogios e sugestões referentes aos serviços prestados pelo TJRR.
 
 
Quem pode recorrer à Ouvidoria?
Qualquer cidadão ou cidadã que utilize os serviços prestados pelo Poder Judiciário do Estado de Roraima, e também aqueles que nele trabalham (magistrados, servidores e demais prestadores de serviços judiciários) poderão acessar a Ouvidoria Judiciária para solicitar acesso à informação com base na Lei nº 12.527/2011, além de reclamações, sugestões e elogios. 
 
Como funciona?
As manifestações recebidas são encaminhadas aos setores competentes, e a Ouvidoria acompanha as providências adotadas e mantém o cidadão informado, conforme a tramitação dos atendimentos, mantendo o esforço para atuar da forma mais ágil possível. O atendimento da Ouvidoria será considerado encerrado quando o cidadão receber uma resposta conclusiva.
 
Confira os canais de acesso da Ouvidoria:
 
•Formulário eletrônico - http://ouvidoria.tjrr.jus.br
•E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 
•Plantão aplicativo de mensagens (aplicativo de mensagens) - (95)  98402-6784
•Aplicativo Ouvidoria TJRR: Disponível nas plataformas Google Play ou Play Store
•Telefones: 0800 280 9551 / (95) 3198-4759 / (95) 3198-4767 - das 8h às 14, em dias úteis) O atendimento presencial está temporariamente suspenso em virtude da pandemia.
•Pessoalmente ou por Correspondência: TJRR - Ouvidoria-Geral - Sede Administrativa -  Luiz Rosalvo Indrusiak Fin,  na avenida Capitão Ene Garcez, número 1696, Bairro São Francisco, CEP:69305-135. Outras informações ou dúvidas sobre o trabalho da Ouvidoria do TJRR podem ser acessadas por meio dos endereços: http://www.tjrr.jus.br/index.php/ouvidoria-queremos-ouvir-voce e http://www.tjrr.jus.br/index.php/ouvidoria-faq.