Notícias

Tribunal de Justiça de Roraima visita a sede da Casa da Mulher Brasileira

Fotos: Arquivo Pessoal 
Tribunal de Justiça de Roraima visita a sede da Casa da Mulher Brasileira
 
Com a proposta de  ampliar os trabalhos da justiça estadual, o Tribunal de Justiça de Roraima (TJRR), por meio da Corregedoria-Geral de Justiça, visitou as instalações da Casa da Mulher Brasileira (CMB), nesta quinta-feira (24). 
 
A corregedora-geral de Justiça do TJRR, desembargadora Tânia Vasconcelos, afirma que é gratificante ver o espaço tão bem cuidado e disponível às mulheres que vivem algum tipo de vulnerabilidade. 
 
"Eu pude participar das discussões iniciais do que hoje é a Casa da Mulher Brasileira e a instituição atende a uma necessidade antiga de acolher, amparar e solucionar os conflitos das mulheres em situação de vulnerabilidade em um só lugar". 
 
Tribunal de Justiça de Roraima visita a sede da Casa da Mulher Brasileira
 
Também participaram da visita o juiz , Breno Coutinho, a diretora de Gestão do 1° Grau do Poder Judiciário, Inaiara Sá, a diretora do Departamento de Polícia Especializada, delegada Elivânia Aguia, a secretária da Setrabes Secretaria do Trabalho e Bem - Estar Social, Tânia Soares e a coordenadora de políticas públicas da CMB, Graça Policarpo.
 
O trabalho - A Casa da Mulher Brasileira integra no mesmo espaço serviços especializados para atender diferentes tipos de violência contra as mulheres: Acolhimento e Triagem; Apoio Psicossocial; Delegacia; Juizado Especializado em Violência Doméstica e Familiar contra as Mulheres; Ministério Público, Defensoria Pública; Serviço de Promoção de Autonomia Econômica; Espaço de cuidado das crianças – Brinquedoteca; Alojamento de Passagem e Central de Transportes.