Notícias

Adolescentes obtêm benefício de progressão de medida em audiências concentradas

 

O Tribunal de Justiça de Roraima, por meio da Vara da Infância e Juventude, realizou na manhã de hoje (20), audiências concentradas no Centro Socioeducativo - CSE. Ao todo, 14 processos de adolescentes que cumprem medida socioeducativa foram analisados, sendo que a maioria obteve o benefício de progressão de medida: 9 adolescentes obtiveram progressão para internação com possibilidade de atividades externas e 5 adolescentes tiveram a medida socioeducativa mantida.

As Audiências Concentradas ocorrem para avaliar as medidas socioeducativas além de agilizar a pauta de audiências da Vara da Infância, uma vez que reúne em um só lugar toda a equipe envolvida sem a necessidade de deslocamento dos adolescentes ou realização de intimações.

De acordo com o juiz da Vara da Infância e Juventude Parima Dias Veras, além de analisar os processos dos adolescentes que estão em conflito com a lei, as audiências concentradas são uma oportunidade para que o magistrado possa dialogar com a família e com o próprio adolescente.

“É uma de troca de experiências. Buscamos estimular o reatamento do vínculo afetivo porque muitos pais, em razão do comprometimento dos adolescentes com as drogas, abandonam o filho e dizem que não têm mais paciência de conviver com o adolescente. Nós realizamos esse trabalho de aceitação da família, de reinserir esse jovem no ambiente familiar, além de darmos perspectivas para que ele se insira no mercado de trabalho. Sem o apoio da família, fica muito difícil o adolescente superar o conflito que está vivendo com a dependência química, de forma que aproveitamos pra estimular e favorecer o encontro dos pais e filhos nessas audiências” disse.

Boa Vista, 20 de setembro de 2017.

Núcleo de Comunicação e Relações Institucionais – Nucri
Escritório de Comunicação