Notícias

TJRR lidera ranking do Relatório Justiça em Números pelo segundo ano consecutivo

 

 

 

O Tribunal de Justiça de Roraima foi destaque mais uma vez no Relatório Justiça em Números 2017, do Conselho Nacional de Justiça – CNJ. O documento apresenta dados da produtividade de todo o Poder Judiciário Brasileiro no ano de 2016. Neste ano, o TJRR aparece com IPC-jus (Índice de Produtividade Comparada da Justiça) em 100%, índice máximo de eficiência.

 

“Estamos muito satisfeitos, uma vez que o Tribunal continua produzindo e trazendo resultados. Isso graças ao empenho de todos, magistrados e servidores” afirmou a presidente do Tribunal de Justiça, desembargadora Elaine Bianchi que está em Brasília e acompanhou a divulgação dos índices.

 

Conforme o relatório, o Poder Judiciário de Roraima está entre os tribunais com melhor desempenho, pois combinou altos indicadores de produtividade, gastando menos, além da baixa taxa de congestionamento.

 

O IPC-jus é o principal índice do Relatório Justiça em Números. Com ele é feito um ranking de todos os Tribunais de Justiça do Brasil, divididos em grande, médio e pequeno porte. Sua fórmula matemática considera, para a construção do índice, o número de processos baixados (processos solucionados totalmente) em relação ao número de servidores e magistrados, além do volume de despesa de cada Tribunal. Ou seja, mede quem é capaz de solucionar mais processos com o menor custo possível.

 

O relatório Justiça em Números, mede, além do IPC-Jus, o Índice de Produtividade dos Servidores – IPS e o Índice de Produtividade dos Magistrados – IPM. Todo resultado será apresentado no 3º Encontro de Metas que será realizado no dia 6 de setembro, às 9h, no auditório do Fórum Advogado Sobral Pinto.

 

Boa Vista, 4 de setembro de 2017.

 

Núcleo de Comunicação e Relações Institucionais – Nucri

Escritório de Comunicação