Notícias

Semana da Justiça pela Paz em casa segue com palestras nas Unidades de Saúde

 

A juíza Maria Aparecida Cury, coordenadora estadual da mulher em situação de violência doméstica e familiar, participou na manhã de hoje (24) das palestras educativas sobre violência doméstica contra a mulher na Unidade de Saúde do Bairro Buritis e no Centro de Tratamento e Prevenção de Câncer de Colo e Mama Silvana Helena Souza Gomes (Cepecom) no Bairro Jardim Floresta.

 

 

Durante o discurso nas unidades de Saúde, a magistrada destacou a importância da Campanha “Justiça pela Paz em Casa”. Nesta VIII edição estamos trabalhando em parceria com as Unidades Básicas de Saúde de Boa Vista, levando para as mulheres, conhecimentos sobre seus direitos, igualdade de gênero e a Lei Maria da Penha. Eu acho que todo mundo já ouviu falar da Lei Maria da Penha, mas a gente gostaria que as pessoas conhecessem um pouco mais sobre o assunto e o que a Lei faz em benefício da mulher que está no ciclo de violência doméstica e familiar” afirmou.

 

 

Rejane Andrade, psicóloga da Unidade de Saúde Buritis, destacou a importância da palestra e material educativo para as mulheres. “Muitas mulheres sabem que a Lei Maria da Penha existe, porém elas não sabem como funciona. Com acesso a essas ações informativas a mulher se sente mais confiante” disse.

Maria Betânia Souto, assistente social do centro de tratamento e prevenção de câncer do colo e mama, falou do papel fundamental da saúde diante de situações de violência contra a mulher. "Nós que trabalhamos com a   saúde temos o dever de divulgar esses temas para que as pessoas que se enxergam dentro desse problema possam buscar a solução” afirmou.

 

 

Boa Vista, 24 de agosto de 2017.

Núcleo de Comunicação e Relações Institucionais - NUCRI

Escritório de Comunicação