Notícias

CGJ realiza segunda etapa do treinamento do PjeCor

 

 

 

 

A Corregedoria-Geral de Justiça do Estado de Roraima (CGJ) realiza nesta terça-feira (22) a segunda etapa do treinamento para implantação do Processo Judicial Eletrônico das Corregedorias (PjeCor). As aulas acontecem na Escola do Poder Judiciário de Roraima (EJURR), localizada no prédio Administrativo do TJRR, na Av. Cap. Ene Garcez, 1696 – Bairro São Francisco, e serão ministradas pelo analista judiciário com especialização em análise de sistema, Paulo Eduardo da Silva Santos.

O público-alvo é formado por servidores da CGJ lotados na Comissão Permanente de Sindicância, Assessoria Jurídica, Secretaria da Corregedoria e Gabinetes do juiz auxiliar e do corregedor. O analista informou que fará uma breve apresentação sobre o sistema e, em seguida, realizará aulas práticas sobre cadastro e tramitação de processos. “O primeiro treinamento foi realizado nos dias 21 e 22 de junho e, nessa segunda etapa, concluiremos o procedimento com a segunda turma de servidores. Nosso objetivo é demonstrar um passo a passo para que os usuários possam conhecer a ferramenta, experimentar as diversas possibilidades de atuação e se familiarizar com o sistema”, disse.

A implantação do PjeCor faz parte da Meta 1 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que objetiva a criação de um sistema único, integrado e exclusivo para as corregedorias. A Corregedoria-Geral de Justiça do Estado de Roraima foi escolhida como projeto piloto e atualmente passa pela fase experimental para, posteriormente, ser implantada em todas as corregedorias do país.

O corregedor-geral de justiça, desembargador Mauro Campello, explicou que o treinamento será imprescindível para dirimir dúvidas sobre a utilização da ferramenta. “Nossa expectativa é que após a segunda etapa da capacitação todos os colaboradores da CGJ estejam aptos a utilizar o PjeCor. O lançamento oficial do sistema será realizado durante visita do Corregedor Nacional de Justiça, Ministro João Otávio de Noronha em data a ser confirmada. Mais uma vez destacamos os esforços da equipe da Secretaria de Tecnologia da Informação, na pessoa do analista judiciário Paulo Eduardo, pela atuação profissional e extrema dedicação nesse trabalho” finalizou o corregedor.

 

Fonte: Assessoria Especial CGJ

 

Boa Vista, 22 de agosto de 2017

 

 

Núcleo de Comunicação e Relações Institucionais

Escritório de Comunicação