Notícias

Processo Judicial Eletrônico será implantado pela CGJ

 
O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) criou o sistema PjeCor (Processo Judicial Eletrônico), que deve ser implantado por todas as corregedorias do país, em três etapas. Com o objetivo de agilizar a primeira etapa da meta, a Corregedoria Geral de Justiça do TJRR realizou reunião com a equipe responsável pelo PjeCor.
 
A primeira etapa inicia em abril de 2017, quando deverão tramitar no sistema PJeCor todos os procedimentos disciplinares novos, inciando pelos processos relacionados aos magistrados. Na segunda etapa, os processos em tramitação e os que transitaram em julgado até um ano antes da referida data deverão ser incluídos no PJeCor até 3 de outubro de 2017. E, na última etapa, os processos que transitaram em julgado até cinco anos antes, ou seja, até 3 de abril de 2012, deverão ser incluídos no PJeCor até 3 de abril de 2018.
 
De acordo com o corregedor geral de justiça, Mauro Campello, a CGJ iniciará o processo de implantação do PJeCor e de digitalização do seu acervo ainda no primeiro semestre. “Com a realização dessas ações, estaremos a poucos passos de transformar a Corregedoria em um órgão 100% eletrônico, conforme Planejamento Estratégico estabelecido”, disse. 
 
Participaram da reunião, além do corregedor geral de Justiça Mauro Campello,  o analista de sistema da Secretaria de Tecnologia da Informação (STI), Paulo Eduardo, o chefe do setor de Análise de dados, Ville Medeiros, o diretor de gestão de 1º grau, Adilson Neves, o assessor jurídico, Robervando Magalhães e Silva, o chefe de gabinete, Glaucio Cruz, a assessora estatística, Isabela Miranda e Michelle Albuquerque, membro da CPS. 
 
Boa Vista, 29 de março de 2017.
 
Núcleo de Relações Institucionais – NURI
Escritório de Comunicação